Jungle King

buscar
Notícias

Sua CNH poderá valer por mais tempo

Uma burocracia para o cidadão brasileiro é ter que fazer a renovação da CNH, a cada 5 anos o motorista precisa perder um bom tempo para poder fazer todo o processo, uma proposta que pretende melhorar a vida do condutor é ampliar o tempo da carteira nacional de habilitação para 10 anos.
Publicado em Notícias dia 29/12/2018 por Alan Corrêa

Uma burocracia para o cidadão brasileiro é ter que fazer a renovação da CNH, a cada 5 anos o motorista precisa perder um bom tempo para poder fazer todo o processo, uma proposta que pretende melhorar a vida do condutor é ampliar o tempo da carteira nacional de habilitação para 10 anos.

A dificuldade para o motorista vem diminuindo no Brasil desde a facilidade da CNH Digital que agora está disponível livremente (confira aqui) e novas propostas como esta pretendem facilitar a vida do brasileiro.

Bolsonaro estuda aumentar validade da CNH de 5 para 10 anos

O presidente eleito, Jair Bolsonaro, avisou via Twitter que pretende aumentar o prazo de validade da carteira nacional de habilitação no Brasil. Ele pretende estender o prazo de validade dos atuais 5 para 10 anos.

Bolsonaro estuda aumentar validade da CNH de 5 para 10 anos (foto: José Cruz/Agência Brasil)

“Informo que faremos gestões no sentido de passar para 10 anos a validade da carteira nacional de habilitação”, disse Bolsonaro que parabenizou o governo do Rio de Janeiro que anunciou a extinção da vistoria anual de veículos.

No início do ano o governo revogou uma resolução do Departamento Nacional de Trânsito (Denatran) que obrigava os motoristas a fazer curso teórico de dez horas e uma prova para renovar a carteira de habilitação. A exigência mantida é a realização de um exame médico.

Parabenizo o governo do RJ por extinguir a vistoria anual de veículos. Outrossim, informo que faremos gestões no sentido de passar para 10 anos a validade da carteira nacional de habilitação (hoje, seu prazo é de 5 anos).

— Jair M. Bolsonaro (@jairbolsonaro) 28 de dezembro de 2018

A atribuição sobre as regras de trânsito passará, a partir de janeiro de 2019, para as mãos de Gustavo Canuto, que será o titular do Ministério do Desenvolvimento Regional. A pasta incorporará as atribuições das Cidades e Integração Nacional – dois ministérios que foram suprimidos pelo presidente eleito.

A quatro dias para o novo governo assumir, Bolsonaro tem indicado prioridades das 22 pastas que integrarão sua gestão. As orientações atingem vão desde ajustes de gastos a medidas pontuais para cada área.

* Com informações da Agência Brasil.

Jungle King Mapa do site

1234